Quarta-feira, 11 de Fevereiro de 2009

"Bem sei que há por aí muita confusão entre % e pp. Mas não é o meu caso", dizia ele

Já sabemos (pelo próprio) que não é o caso de Rudolfo Rebêlo, mas a confusão continua a aparecer nos seus textos... No de hoje, por exemplo, temos esta passagem:

 

"Mas sabe-se que [os spreads praticados pela banca] variam entre os dois e os três pontos percentuais."

 

Ora, o spread de que fala está expresso em percentagem do montante de empréstimo.  Portanto, o correcto seria dizer por cento em vez de "pontos percentuais".

Principais Tags: , ,
publicado por Pedro Bom às 15:16
link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De Anónimo a 11 de Fevereiro de 2009 às 18:39
Parece-me que neste caso se pode dizer das duas maneiras, já que o spread também pode estar expresso em pontos percentuais da taxa de juro praticada
De Pedro Bom a 11 de Fevereiro de 2009 às 19:58
Claro que o spread pode ser expresso em percentagem da taxa de juro praticada, o que neste caso seria muito maior do que 2 ou 3 por cento. Desconheço essa segunda forma de usar o conceito de ponto percentual, e não me parece que faça qualquer sentido. De qualquer forma, se estiver tecnicamente correcta, então estarei eu errado.
De rf a 12 de Fevereiro de 2009 às 10:00
Spread em percentagem da taxa de juro? Tem algum exemplo dessa utilização? Seria uma novidade para mim...
De Pedro Bom a 12 de Fevereiro de 2009 às 11:56
Se a taxa de juro praticada for de 4 por cento e o spread for de 2 por cento, nada me impede de dizer que o spread é 50 por cento da taxa de juro. Não sei se a referência ao spread desta forma é prática habitual ou não, mas não é isso que interessa; tecnicamente, está correcto.
De Rudolfo Rebêlo a 16 de Fevereiro de 2009 às 17:09
Pedro Bom,

A frase a que se refere é esta:

"A bonificação do Estado, em 0,25 pontos percentuais, coloca o preço base do dinheiro, para a banca, em 1,75%. Ontem, o presidente do Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação, IAPMEI, Luis Filipe Costa, revelou que os spreads praticados pela banca, "determinados pelos protocolos desde Junho" de 2008, "variam em função do nível de risco de cada empresa". Mas sabe-se que variam entre os dois e os três pontos percentuais."

Está tecnicamente correcta. Se referi em pp para subtraír à % da taxa de juro, tem todo o sentido que continue no mesmo parágrafo a usar os pp, para formar o custo total dos empréstimos. De resto, o "bacalhau faz-se de muitas maneiras"... Se você admite dúvidas, tal como parece, (ou afirma, em outro post, desconhecer a "prática habitual") então manda a inteligência (além do bom senso) que se informe.

P.S. Faz todo o sentido o uso do pp quando se fala em spred para os leitores, até porque é uso e prática habitual da própria banca na sua relação comercial com os clientes, nos créditos à habitação ou comerciais. Basta ver os planfetos publicitários...

Rudolfo Rebêlo

Comentar post

Autores

Pesquisa no blog

 

Janeiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts Recentes

O DN a começar o ano em p...

Os conhecimentos mais bás...

Que nome bué da louco, "h...

Para bom observador, meia...

O Luís Reis Ribeiro preju...

Um título, dois erros

Bomba Atómica: o Dinheiro...

O Público anda com a cabe...

Uma pequena história

Verificar fontes é para i...

Arquivo

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Março 2015

Fevereiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Principais Tags

correio da manhã(13)

desemprego(15)

diário digital(24)

diário económico(9)

dn(82)

economia(65)

estatísticas(22)

expresso(26)

inflação(13)

lusa(15)

matemática(12)

percentagens(26)

público(102)

publico(9)

rigor(9)

rtp(20)

rudolfo(16)

salários(10)

sensacionalismo(135)

sic(11)

todas as tags

Contacto do Blogue

apentefino@sapo.pt

Outros Blogs

subscrever feeds