Sexta-feira, 27 de Fevereiro de 2009

Uma vez TVI, sempre TVI

Eu muito raramente sigo a informação na TVI. Para lá das razões óbvias, há o problema do dia só ter 24 horas, o que não me dá tempo suficiente para escrever todos os posts que a TVI mereceria. Mas depois do entusiasmo de José Eduardo Moniz na entrevista ao Público de ontem sobre a recém-nascida TVI24, dei à TVI uma nova oportunidade.

Como não estou em casa, apenas vi a página online, onde a secção Economia tem como destaque:

 

Portugueses estão a trabalhar cada vez mais.

Produtividade cresceu 1,2% entre 2000 e 2006

 

Parece inacreditável, mas a TVI24 não percebe que uma coisa nada tem a ver com a outra.

 

Zé Eduardo amigo, aqui que ninguém nos ouve, eu explico:

O Afonso e o Bruno produzem trigo. O Afonso faz tudo à mão e o Bruno tem equipamento. O Afonso trabalha 10h em média, o Bruno apenas 6h. O Afonso produz 10 toneladas mas o Bruno com toda a mecanização produz 12. O Bruno tem uma produtividade maior (2 ton/h em vez de 1ton/h) mas quem é que trabalha mais?

(Resposta certa: o Afonso)

 

Por curiosidade, o relatório do INE informa que o total de horas trabalhadas no país têm vindo a diminuir constantemente desde 2002 (até 2006, o último ano em que há dados). Em termos individuais, a queda não é constante, mas há uma queda.

publicado por Miguel Carvalho às 16:22
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Miguel Carvalho a 27 de Fevereiro de 2009 às 17:22
Como sempre fico com "pena" dos media que são campeões aqui no blogue em termos de posts, porque em geral é nesses que a densidade de disparates é mais baixa (descontando uns casos onde os disparates são aparentemente propositados, o que é mais grave ainda).
Mas simplesmente não há pachorra para TVIs, 24horas, etc.
De David Fernandes a 3 de Março de 2009 às 11:09
Pior do que a informação da TVI é a informação da TVI 24 horas por dia.

Santíssimo sacramento!!!!
De Miguel Carvalho a 3 de Março de 2009 às 19:56
Sempre que penso na informação da TVI (o que é raro) lembro-me do dia em que o caso das FP25 foi fechado. O Telejornal da TVI começou com a Manuela a dizer antes dum genericozinho:
- Boa noite, a Justiça Portuguesa está podre. O caso FP25 foi hoje arquivado. Este é o Telejornal da TVI.
Esta frase ficou-me sempre na cabeça. Começar um telejornal com uma frase que não transmite absolutamente informação nenhuma, que se resume a uma opinião estritamente pessoal é mau de mais. Ainda por cima com a pretensão de resumir numa palavra só, um dos processos judiciais mais complexos que houve (não está em causa se correu bem ou mal) mostra uma ligeireza preocupante.

Comentar post

Autores

Pesquisa no blog

 

Janeiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts Recentes

O DN a começar o ano em p...

Os conhecimentos mais bás...

Que nome bué da louco, "h...

Para bom observador, meia...

O Luís Reis Ribeiro preju...

Um título, dois erros

Bomba Atómica: o Dinheiro...

O Público anda com a cabe...

Uma pequena história

Verificar fontes é para i...

Arquivo

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Março 2015

Fevereiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Principais Tags

correio da manhã(13)

desemprego(15)

diário digital(24)

diário económico(9)

dn(82)

economia(65)

estatísticas(22)

expresso(26)

inflação(13)

lusa(15)

matemática(12)

percentagens(26)

público(102)

publico(9)

rigor(9)

rtp(20)

rudolfo(16)

salários(10)

sensacionalismo(135)

sic(11)

todas as tags

Contacto do Blogue

apentefino@sapo.pt

Outros Blogs

subscrever feeds