Segunda-feira, 2 de Março de 2009

Anti-patriotas!

Ministério da Saúde lança concurso que exclui empresas portuguesas diz hoje em grande o título do Público. Para quem ficasse com dúvidas (legítimas) sobre os trocadilhos nos títulos de jornais, o subtítulo volta a sublinhar o problema de ser português:

Se uma empresa estrangeira ganhar, não pode subcontratar uma nacional.

 

Como informa a notícia online, o que está em causa é a exigência de uma certa certificação ISO, e por acaso não existe nenhuma empresa nacional que a possua. A exclusão não tem assim nada a ver com a origem da firma - como o título claramente dá a entender - mas com a certificação das suas competências técnicas. Se eu procurar algum trabalhador para uma tarefa muito específica e por acaso não houver nenhum portuense com essa formação, o Público escreveria então "Empresa lisboeta rejeita trabalhadores do Porto". Pois...

 

E assim se engana sorrateiramente os leitores.

 

(Obviamente que não faço a mínima ideia se a exigência daquela certificação faz o mínimo sentido, mas não é isso que está em causa)

Principais Tags: ,
publicado por Miguel Carvalho às 16:03
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De a.m. a 3 de Março de 2009 às 15:14
Queria apenas declarar aqui que me sinto horripilado (se a palavra existe...) com coisas como estas, que quem vos lê sabe que são recorrentes na nossa querida imprensa, max. DN e Público.
A questão é esta: quem nos defende?
E como nos podemos defender, salvo não os comprando (mas eu já os não compro, aliás jamais comprei)?
Grande abc. pelo vosso trabalho.
De Miguel Carvalho a 3 de Março de 2009 às 19:39
Sinceramente não sei. O sector há anos que tem medo da regulação, insistindo sempre na suposta auto-regulação. Mas esta teima em aparecer.

Há ainda o problema do assegurar o pluralismo, que há largos anos era abordado pelo BE, apenas recentemente também pelo PS... que acabou como se viu.

Uma democracia onde o "povo" toma posições contra ou a favor de X ou Y, por questões que não existem na realidade, não é verdadeiramente uma democracia. Ui, e eu conheço tantos casos assim! Aliás, dado a constante tendência para o sensacionalismo na informação, corremos o risco do descrédito infundado no sistema, da alienação da população do debate público, do aparecimento de perigosos desvios políticos demagógicos. E não me refiro à demagogia que há em todos os partidos, refiro-me a italianização da democracia. Eu conheço bem a política italiana, e não a aconselho a país nenhum.

Não sei se o boicote (que eu também faço de certa maneira) servirá de muito, porque hoje temos a oposição eufórica com este
sensacionalismo pessimista, estando-se quase nas tintas para a credibilidade da informação que recebe. Uma oposição que defende os media contra qualquer crítica, encarando qualquer crítica como uma intromissão ilegítima com o intuito de beneficiar o governo. Mas amanhã a oposição será outra, e o passado mostra-nos que os papéis se invertem. Quem hoje se indigna, estará amanhã satisfeito e com um sorriso disfarçado.
O sensacionalismo tem sempre bons amigos...

Cumps
De Odete Pinto a 4 de Março de 2009 às 23:49
Que dirá o Provedor?

É que esta notícia foi ainda ampliada pela televisão. Convinha que as televisões divulgassem a origem da notícia - se eu soubesse que a origem era o Público, escusava de ter ficado preocupada (pois e podia-se lá perder a oportunidade de indignar uns milhares de pessoas...).

Parabéns pelo vosso blogue que visito regularmente, embora nunca tenha comentado.
De Miguel Carvalho a 5 de Março de 2009 às 15:52
Cara Odete,

obrigado pelo comentário. Convido-a a escrever em seu nome ao Provedor. Imagino que ele esteja, e com razão, "farto de me ouvir".

Pessoalmente, não duvidando das boas intenções do Provedor, não o considero imparcial, como expliquei aqui:
http://apentefino.blogs.sapo.pt/58215.html
http://apentefino.blogs.sapo.pt/59026.html

Cumps

Comentar post

Autores

Pesquisa no blog

 

Janeiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts Recentes

O DN a começar o ano em p...

Os conhecimentos mais bás...

Que nome bué da louco, "h...

Para bom observador, meia...

O Luís Reis Ribeiro preju...

Um título, dois erros

Bomba Atómica: o Dinheiro...

O Público anda com a cabe...

Uma pequena história

Verificar fontes é para i...

Arquivo

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Março 2015

Fevereiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Principais Tags

correio da manhã(13)

desemprego(15)

diário digital(24)

diário económico(9)

dn(82)

economia(65)

estatísticas(22)

expresso(26)

inflação(13)

lusa(15)

matemática(12)

percentagens(26)

público(102)

publico(9)

rigor(9)

rtp(20)

rudolfo(16)

salários(10)

sensacionalismo(135)

sic(11)

todas as tags

Contacto do Blogue

apentefino@sapo.pt

Outros Blogs

subscrever feeds