Terça-feira, 15 de Julho de 2008

A velha confusão de sempre

A inflação é a variação dos preços, não é uma média/índice de preços. Tal como a velocidade é a variação da nossa posição. Eu posso ir a 140km/h e abrandar para os 120km/h que não deixo de me afastar do meu ponto de partida. Assim a inflação pode subir e descer, mas desde que seja positiva, os preços estão sempre a subir.

No Telejornal da RTP de ontem dizia-se "os preços voltaram a subir, atingiram o valor mais elevado desde há dois anos", querendo com isto dizer que há dois anos ainda estavam mais altos. Ora isto não é verdade, em termos homólogos os preços nunca pararam de subir e em termos mensais creio que houve uma ou duas excepções. A taxa de inflação, essa sim, está ao nível mais alto desde há dois anos.

Principais Tags: , ,
publicado por Miguel Carvalho às 16:02
link do post | comentar | favorito
5 comentários:
De Anónimo a 15 de Julho de 2008 às 17:18
Adoro ler o vosso blog. Por favor continuem!
De bicodeprata a 16 de Julho de 2008 às 09:01
INFLAÇÃO (FONTE WIKIPEDIA )

A existência da inflação durante um período implica um aumento mantido do preço dos bens no general. Medem esse aumento, os índices diferentes são criados para medir o crescimento médio percentual de uma cesta dos bens ponderados baseados no que se quer medir.

O índice mais usado para medir a inflação é o “índice dos preços ao consumidor “o IPC , indica a variação percentual na média de preço dos bens e dos serviços que adquire um consumidor típico em dois períodos de tempo, usando-se como a referência do que se denomina em alguns países a cesta básica.

πt = Pt - 1
Pt-1


Πt taxa de inflação
Pt preço representativo no ano t

Deflación: quando a quantidade chega a ser negativa; quer dizer, que esta por abaixo da inflação do ano anterior, podemos dizer que está na oposição à inflação, se reduz o nível dos preços dos bens e dos serviços dentro da economia. Isto é causado pela baixa da demanda dos produtos e serviços, que faz que os comerciantes diminuem os preços.

Causas da inflação
A inflação da demanda (Demand pull inflation), quando a demanda geral dos bens se incrementa, sem que o setor produtivo tevese o tempo para adaptar a quantidade de bens produzidos à demanda existente.

Inflação dos custos (Cost push inflation), quando o custo do trabalho manual ou dos materiais crus aumentar o preço, é uma tentativa de manter a taxa do benefício os produtores aumentam os preços.

Inflação Autoconstruida (Build-in inflation), relacionada ao fato que os agentes prevem aumentos futuros de preços e ajustam sua conduta actual a essa previsão futura.

O IPC é a abreviatura do índice dos preços ao consumidor
É um índice no qual se comparam os preços de um conjunto de produtos (conhecida como a “cesta” ou a “canasta”) determinado na base do exame contínuo de orçamentos das familias (chamado também a pesquisa das despesas dos hogares), que uma quantidade de consumidores adquire da maneira regular, e a variação com respeito ao preço de cada um com respeito a uma amostra precedente. Deste forma pretende-se medir, mensalmente, a evolução do nível dos preços dos bens e serviços do consumo em um país.
De Miguel Carvalho a 16 de Julho de 2008 às 10:22
Desculpe perguntar-lhe (já é a segunda vez que fico com esta dúvida com um comentário seu), mas onde é que queria chegar?
De bicodeprata a 16 de Julho de 2008 às 11:41
De Miguel Carvalho a 16 de Julho de 2008 às 10:22
Desculpe perguntar-lhe (já é a segunda vez que fico com esta dúvida com um comentário seu), mas onde é que queria chegar?

O meu propósito é bom, na verdade é uma aclaratória de alguns conceitos , por si expressados, tendo em vista o enriquecimento do seu blog, lendo o seu blog assaltam-me algumas duvidas (pela minha ignorância ) o qual pretendo aclarar, e acho que alguns leitores também têm dividas de alguns conceitos, como por exemplo a inflação, e desta maneira procuro esclarecer e definir conceitos a mim mesmo e tratar de compartir com o publico leitor do seu interessante blog, as informações que encontro, e do conhecimento pessoal. complementando a informação por você compartida. não pretendo em nenhum momento que o leve a pensar outra coisa que não seja o meu animo de compartir informação com os leitores do seu blog apentefino , para ampliar os nossos horizontes.
caso os meus comentários não sejam apropriados , peço imensas desculpas as minhas intenções são de propósitos altruístas.
De Miguel Carvalho a 16 de Julho de 2008 às 13:44
Ah! Não faz senão bem!
Só fiquei na dúvida, porque julguei que esperava algum comentário da nossa parte.
Continue

Comentar post

Autores

Pesquisa no blog

 

Janeiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts Recentes

O DN a começar o ano em p...

Os conhecimentos mais bás...

Que nome bué da louco, "h...

Para bom observador, meia...

O Luís Reis Ribeiro preju...

Um título, dois erros

Bomba Atómica: o Dinheiro...

O Público anda com a cabe...

Uma pequena história

Verificar fontes é para i...

Arquivo

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Março 2015

Fevereiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Principais Tags

correio da manhã(13)

desemprego(15)

diário digital(24)

diário económico(9)

dn(82)

economia(65)

estatísticas(22)

expresso(26)

inflação(13)

lusa(15)

matemática(12)

percentagens(26)

público(102)

publico(9)

rigor(9)

rtp(20)

rudolfo(16)

salários(10)

sensacionalismo(135)

sic(11)

todas as tags

Contacto do Blogue

apentefino@sapo.pt

Outros Blogs

subscrever feeds